Espero que você seja... ético

Espero que você seja... ético

Amigos, em uma sociedade que se baseia principalmente em valores imediatistas e materialistas, onde o "deus" riqueza tomou o coração da maior parte dos habitantes desse condomínio chamado Terra, e o consumismo e busca desenfreada do prazer hipnotizam as pessoas, que passam a acreditar que tais aparatos é que têm a capacidade de as fazerem felizes, não é de se estranhar o volume da corrupção enraizado em grande parte de nossas instituições políticas, sociais, filosóficas, e até mesmo religiosas. O único freio eficaz contra as más atitudes está na própria criatura. Leis rigorosas, regras rígidas, paradigmas que impõem o medo, nada disso conseguirá, por si só, recolocar o trem da sociedade nos trilhos do progresso e da ampla civilidade. Precisamos estar despertos para elementos que nos auxiliem a avaliar cada situação e suas consequências, optando por caminhos e decisões que não firam princípios que preservem o equilíbrio do senso coletivo. Um dos mais importantes elementos é a ética, instrumento importante para que analisemos nossa conduta e façamos opções capazes de estabelecer um comportamento útil, nobre e inteligente em todos os lugares onde estejamos. Há momentos em que devemos decidir pelo que seja certo, mesmo que esse certo represente algum prejuízo para nós. Os grandes homens mulheres se destacaram não pelo volume de riqueza ou pela quantidade de bens; se destacaram pela grandeza de suas ações e pela ética irretocável, apontando para um mundo justo, equilibrado e feliz.

Joamar Nazareth - Uberaba-MG