Skip to main content

DiscussÕes

DISCUSSÕES
Emmanuel
"Contendas de homem corruptos de entendimento e privados de
verdade; cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos
tais".Paulo - I Timóteo: 6-5
No amontoado de problemas espirituais que integram o quadro
de preocupações do discípulo, destacamos o fenômeno palavroso,
como dos mais importantes ao seu bem-estar.
A contenda verbal tem o seu lado útil ou o seu objetivo elevado,
no entanto, é preciso considerar, antes do início, sua verdadeira
finalidade.
Discussões a esmo são ventanias destruidoras, Quando alguém
delibere romper o silêncio é indispensável examinar o caráter dessa
atitude.
Naturalmente, não estamos falando para o homem vulgar,
empenhado em críticas e todas as criaturas e cousas do caminho
comum, olvidando a si mesmo, mas para o discípulo de boa e sincera
intenção.
A inferioridade com seus tentáculos numerosos convida
insistentemente aos atritos, todavia, o aprendiz fiel deve conservar-se
vigilante, em seu posto, sob pena de ser inscrito como servo relapso,
indigno da tarefa.
Surgirão, como é justo, horas de esclarecimentos, dilatando as
luzes espirituais nas sendas retas, contudo, quando se verifique um
desafio à discussão, convém meditar gravemente no assunto, antes de
se atirar ao duelo das palavras. Não haverá recurso fora doselementos de sensacionalismo? Não será falsa piedade, mascarando a
causa de ganho?
Nem sempre esse ganho é o dinheiro; pode ser também
prepotência de opinião, sectarismo, vaidade.
Um homem na sua tarefa de realização com Deus, do trabalho
mais simples ao mais complicado, pode estar certo de que está no
lugar próprio, atendendo à Vontade do Senhor que ali o colocou
sabiamente; mas quando se ponha em contendas, ninguém, nem ele
mesmo, pode saber até onde irá e quanto carvão será depositado em
sua alma, após o grande incêndio.
Sentinelas da Luz
Chico Xavier